15 de Agosto - 6ª Feira
Palco Arrábida
Richie Campbell
Klepht
Palco Sado
Børge Million Dollar Lips Zop Get a Dog Electric Divinity Stone Dead
16 de Agosto - Sábado
Palco Arrábida
Boss AC
Lemm Project
Palco Sado
Switchtense Hills Have Eyes The Quartet of Woah Low Torque Fokker Ol' Jolly Roger
17 de Agosto - Domingo
Palco Arrábida
Xutos e Pontapés
UHF
Alcoolémia
Palco Sado
União das Tribos Karpediem Um Zero Azul Booster Gente Estranha Rysko
15 de Agosto - Remember Seagul - DJ Tó Patronilho
16 de Agosto - Absurdo Party - DJ Jovi Zindahouse
DJ Residente DJoana

Press Release

Richie Campbell, Boss AC e Xutos & Pontapés encabeçam o cartaz da segunda edição do Rock no Sado, festival de bandas portuguesas que conta atrair a Setúbal, entre 15 e 17 de agosto, cerca de 40 mil pessoas no Parque Sant'Iago, nas Manteigadas, recinto cedido pela Câmara Municipal de Setúbal.

No palco principal do festival, o "Arrábida", passam, no dia 15 de agosto, Richie Campbell e Klepht, a 16, Boss AC e Lemm Project, e, a 17, Xutos & Pontapés, UHF e Alcoolémia.

O palco "Sado", destinado a bandas mais alternativas, recebe, a 15, Børge, Million Dollar Lips, Zop, Get a Dog, Ol'Jolly Roger, Electric Divinity e os vencedores do Concurso de Bandas de Garagem de Setúbal deste ano, Dead Stone.

O mesmo espaço acolhe no dia seguinte, a 16, Switchtense, Hills Have Eyes, The Quartet of Woah, Low Torque, Fokker e Phazer.
Ao "Sado" sobem ainda, no dia 17, União das Tribos, que tocaram os dois mais recentes singles na apresentação do festival realizada a 5 de maio, Karpe Diem, Um Zero Azul, Booster, Gente Estranha e Rysko.

O maior ecletismo do cartaz este ano "deve-se ao facto que se querer alargar o espectro musical aos interesses do público, sem deixar que o rock continue a ser base do programa. Tem é de ser português. Disso não se abre mão. Trata-se de uma causa nacional". Esta é, de resto, a principal imagem de marca do Rock no Sado. Uma das bandeiras do evento é a natureza de um festival de verão, de grandes dimensões e projeção, inteiramente com bandas portuguesas.

Após os concertos, o festival não fecha as portas, com a música a continuar com DJ. “Prestar-se-ão homenagem a espaços históricos da noite local, o antigo Seagull, que desapareceu num incêndio há anos, e o Absurdo. Haverá festas temáticas dedicadas àquela discoteca e àquele bar. Por isso a festa vai garantidamente continuar noite fora a cada dia do festival".

Além da música, o Rock no Sado conta com um parque de campismo gratuito com acesso a sanitários e duches, espaços de restauração e de comércio, uma zona de divulgação empresarial e institucional, uma área dedicada ao tema "Motas e Motards" e um parque de estacionamento diferenciado para carros e motociclos, vedado, vigiado e gratuito ao público.

Os bilhetes já estão disponíveis nos pontos de venda habituais para eventos desta natureza.

Passes de 3 dias: 30€
Bilhetes diários: 15€
Bilhete VIP (acesso a uma área reservada e serviço de catering) 3 dias: 100€ 
Bilhete VIP (acesso a uma área reservada e serviço de catering) 1 dia: 40€

Contactos

pedro@rockriosado.pt

Calcular percurso

A:
B: Rock no Sado